Blog Atuação MFC FAC Juiz de Fora Minas Gerais São João Del Rei

Relatório SENJOV – Retiro de formação, construção e integração

Entre os dias 23 e 26 de março de 2017, em Juiz de Fora, foi realizado o I Encontro de Formação para Jovens do MFC Brasil.
Com o acolhimento caloroso da familia Ulysses, passamos momentos de muita alegria e integração, o que fortificou os laços entre os participantes e a equipe que nos recebeu em Juiz de Fora.

Na noite de sexta, dia 24, realizamos o acolhimento com a música “Sal da Terra” (Beto Guedes), relacionada com o tema de formação proposto para o encontro: “Juventude: Protagonista do cuidado à Mãe Terra”; em seguida, a reflexão foi estendida com a citação da encíclica “Laudato SI” (Papa Francisco, 2015, p. 96). Com o tema do encontro, propomos a relação com a ética do cuidado, a partir dos ciclos da Mãe Terra: Recepção/Abertura; Absorção/Transformação; Renovação/Ressignificação. Para iniciar o segundo momento, foi realizado uma divisão do grupo em quatro subgrupos, onde cada um desenvolveu uma relação das palavras que compoem o tema do encontro, com um trecho de poemas de Cora Coralina, que será a nossa homenageada durante o II Festival de Arte e Cultura do MFC Brasil, de 20 a 23 de julho, na cidade de São João del Rey.

No sábado, realizamos uma vivência integradora em duplas, com a música “Te ofereço Paz”, seguida de um abraço à árvore do Pau Brasil, que está presente no jardim do casal que nos hospedou, Mariza e Galdino Ulysses. Depois do abraço, fizemos uma roda de conversa para partilhar a experiência da troca vivenciada pelas duplas. Houve a partilha das palavras que desejamos um para o outro num cartaz, em que os crachás com os nomes de cada participante foram colocados em cima das palavras que cada um e cada uma receberam. No término do primeiro momento, partilhamos o significado da palavra “Ubuntu” e a passagem de Gálatas 6,9. No segundo momento, partilhamos dezessete frases e expressões relacionadas com a ética do cuidado (individual e coletivamente). Outros quatro grupos foram formados para elaborarem uma síntese sobre as frases e o tema do encontro.
À tarde, Jorge Leão apresentou uma breve introdução sobre o conceito de liderança, a partir de dois movimentos: um líder verticalizado (relação autoritária impositiva) e outro, cujo âmbito é horizontal (relação comunitária, construída coletivamente); em seguida, Rubens Carvalho (CONDIN) partilhou uma reflexão sobre Liderança, apresentando uma relação com a caminhada no MFC: como estamos potencializando o nosso melhor para aquilo que almejamos alcançar em nossa participação enquanto pessoas engajadas e conscientes de seu papel e responsabilidade?

No segundo momento da tarde, Jorge Leão coordenou um momento de reflexão denominado “AMOR”. Com as iniciais da palavra “AMOR”, foram relacionados questionamentos sobre: Alimento (o que nos alimenta? O que alimentamos?); Movimento (O que nos move? O que movemos?); Oxigênio (O que nos oxigena? O que nos asfixia?); Rio (O que flui em nós? O que nos aprisiona?). A seguir, houve a participação das mesmas duplas que participaram da vivência integradora da manhã, sendo convidadas a andar pelo espaço e perceber no mesmo o que alimenta o AMOR neste caminho,e o que o inviabiliza; as duplas voltaram, depois de vinte minutos de observação, para socializar a experiência. A noite, terminamos as atividades do dia com uma bela contação de histórias, a convite da equipe de cidade de Juiz de Fora.

No domingo pela manhã, iniciamos com uma vivência integradora, com a música: “O sol que está no céu”; após a vivência, o assunto que preencheu a pauta foi centrado no II Festival de Arte e Cultura do MFC Brasil, com a apresentação do projeto pelo SENJOV, CONDIN (Terra que abraça) e equipe de metodologia do encontro (Nilmária Nunes e Jorge Leão). Houve a presença amiga do casal coordenador das cidades de São João del Rey (Gola e Lúcia) e Conselheiro Lafaiete (Abel e Simone), com esclarecimentos referentes à infraestrutura e organização metodológica do II FAC. O encontro terminou às 12h30min com uma prece de agradecimento e mensagens de luz, e a presença de amigos da equipe de cidade de Juiz de Fora, com um texto sobre o significado da expressão africana “Sawabona Shikoba”.

O encontro foi um momento especial de trocas e experiências entre os participantes. A equipe de cidade de Juiz de Fora foi especial, com a sua disponibilidade e doação; os jovens participantes também estão de parabéns pelo seu empenho, atenção e cuidado com que se entregaram a esse momento tão marcante para todos nós.

Enquanto responsável pela dinâmica do encontro, sinto-me honrado pelo convite feito pelo nosso querido amigo e irmão Rubens Carvalho e pelo amigo Kleber, como SENJOV, por toda amizade e partilha vivenciada durante esses dias em Juiz de Fora. Fica aqui o meu carinho e gratidão a todos os jovens que fizeram desse momento uma oportunidade de crescimento conjunto ao caminho de serviço e doação a esta causa tão importante e necessária para a caminhada do MFC Brasil.

Gratidão eterna! Ubuntu!

Até uma próxima oportunidade…

Texto: Jorge Leão.

Comentar Post